Você está aqui: Página Inicial > Contents > Destaques > BC participa do IX Senabraille em Florianópolis

Notícias

BC participa do IX Senabraille em Florianópolis

por publicado: 17/07/2018 11h56 última modificação: 03/08/2018 09h44

"Acessibilidade para deficientes visuais na Biblioteca Central da UFPB." Este é o título do trabalho de autoria dos bibliotecários Josenildo Costa e Marilia Mesquita e da revisora de textos em braille Rafaella Meira Prado, apresentado durante o IX Seminário Nacional de Bibliotecas Braille (Senabraille), realizado de 11 a 13 deste mês, em Florianópolis (SC). Os três são servidores da Seção de Inclusão de Usuários com Necessidades Especiais (SIUNE), da Biblioteca Central da UFPB.

Josenildo e Rafaella fizeram a apresentação do estudo, que versou sobre as mudanças significativas na SIUNE para melhoria dos serviços prestados aos alunos com deficiência visual, bem como a deficientes visuais da comunidade externa. Na oportunidade, além de Marilia Mesquita, que aposentou-se no dia 29 de junho, foram homenageados o bibliotecário Paulo da Silva Chagas, aposentado em 2015,  e o assistente administrativo José Carlos Barbosa da Silva, que faleceu em março de 2017.

O IX Senabraille aconteceu no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e contou com a presença de bibliotecários e profissionais da área de inclusão de todas as regiões do Brasil. Na ocasião, além da apresentação de trabalhos, houve palestras e debates acerca dos seguintes eixos temáticos: acessibilidade atitudinal, tecnologias assistivas, políticas públicas, acessibilidade em bibliotecas, acessibilidade em cultura e educação, acessibilidade comunicacional e conteúdo acessíveis em bibliotecas e outros espaços culturais.

Lançamento

As empresas Mais Autonomia, TecAssistiva e Bibliotheca participaram como apoiadores do IX Seminário Nacional de Bibliotecas Braille (Senabraille). A Mais Autonomia, por exemplo, lançou os óculos OrCam MyEye, que captam textos de diversas superfícies, além de reconhecer rostos. O equipamento auxilia o deficiente visual tanto para leitura de impressos em tinta como para localização espacial através da leitura de placas e letreiros. O bibliotecário Josenildo Costa fez uso deste equipamento durante o evento (confira o link).